facebook-domain-verification=n3pt35d24yjaklac7i23yndjjlxvcc
 

Confie-se



Pare de se cobrar, pare de olhar para o lado e pensar no que você ainda não tem. Eu sei, a vida é complicada, tem seus altos e baixos. Às vezes, pensamos que as coisas não vão dar certo. Temos que confiar.


Confiar parece ser uma palavra difícil para quem aprendeu a controlar "tudo" - os horários, os gastos, o que comer, onde ir, com quem conversar. Confiar em que, como? Confiar no tempo? Em algo que nunca vimos?


Porém, é a única coisa a ser feita. Quero dizer, é a única coisa saudável a ser feita.


De que adianta tentar prever o que não é possível?


A sociedade de hoje nos ensina e estimula o controle, a perfeição, a sermos todas iguais, até a nos vestirmos iguais. Exagero? Não, a realidade.

Você tem que estar linda, depilada, perfumada, magra, formada e pós-graduada, falando fluente 2 ou 3 idiomas, casada, com filhos, rica, com o emprego dos sonhos, com o passaporte mais do que carimbado, com o celular do ano e com milhares de fotos no seu computador.


Sei lá, olhando assim, parece tudo meio chato e previsível, não?


Nem sempre tudo o que você quer vem na hora que você quer ~ talvez seja o maior ensinamento de todos?


Às vezes, o caminho é mais sinuoso do que a gente queria, com mais emoções do que a gente previa e com certeza com mais ensinamentos do que a gente poderia imaginar.


Ontem assisti um vídeo no You Tube de um casal nômade digital que falava que o corajoso não é quem se aventura e viaja pelo mundo, mas quem vive sempre os mesmos dias, sem nenhuma emoção. Imagine só - seria tudo muito chato.


Então, comecei a ver toda essa imperfeição da vida de uma forma mais positiva. Entendi que o segredo para ser feliz é deixar o fluxo seguir. E confiar.